Mitos e verdades sobre o bilinguismo infantil

Há ainda muitas dúvidas a respeito do assunto: bilinguismo infantil. Para te ajudar a entender melhor sobre fizemos uma lista sobre os mitos e verdades acerca do tema. Venha conferir!


O estudo bilíngue infantil tem se tornado cada vez mais popular no Brasil. No entanto, ainda há muitos mitos acerca do assunto. Alguns acreditam que o ensino de duas línguas de forma simultânea pode afetar o compreendimento da criança e acabar causando confusão. Será que isso é verdade?

Uma verdade é inquestionável, o assunto é relativamente novo para boa parte da população brasileira que é predominantemente monolíngue. Por isso, vamos esclarecer alguns mitos e também explicar verdades sobre o bilinguismo infantil. Confira a seguir!



Ensino bilíngue confunde as crianças?


Mito! Na verdade, as crianças entre 2 e 4 anos tem a habilidade de cognitiva de aprender línguas aguçada. Com o tempo e o desenvolvimento da criança isso vai se perdendo. Por isso é tão interessante investir no estudo bilíngue na infância, de fato. As crianças tem total capacidade de organizar e separar as línguas.



Toda criança pode ser bilíngue?


Verdade! Independente da capacidade cognitiva ou qualquer outra característica, desde que estude e esteja em constante contato com a língua, toda criança pode ser bilíngue.



Bilinguismo infantil atrasa o desenvolvimento da fala?


Mito! Quando a criança começa a estudar a segunda língua já está realizando a aquisição da língua materna de forma natural e provavelmente já fala. Isso pode acontecer apenas no caso de crianças que moram com pais de nacionalidade e línguas diferentes. No entanto, isso não pode ser considerado um atraso mental. A criança apenas leva um tempo a mais para acomodar os dois idiomas, mas quando começar a falar, fará isso em ambas as línguas.



Bilinguismo interfere no desenvolvimento social?


Verdade! Como a criança tem contato desde cedo com uma cultura diferente daquela em que está inserida, é natural que ela seja mais aberta, comunicativa e flexível. Ou seja, o desenvolvimento social de crianças bilíngues é excelente.



Criança aprende menos?


Mito! Muitas pessoas pensam que por conta do ensino de uma língua diferente o conteúdo ensinado muda. Alguns acreditam que esse ensino é mais “fraco” que o tradicional. No entanto, o currículo de uma escola bilíngue é pensado da mesma forma que nas escolas tradicionais. A única diferença é que os alunos irão aprender tudo em duas línguas diferentes e terão vivência com outra cultura.



Bilinguismo interfere no sotaque?


Verdade! A tendência é que a criança aprenda bem o sotaque de ambas as línguas. Enquanto são novas o aparelho fonador ainda está em formação, por isso, é bem mais fácil aprender a fonética das palavras. Além disso, a criança ainda não está com a língua materna tão enraizada, isso vai permitir que ela aprenda sem realizar comparações.

A verdade é que o estudo bilíngue traz muitos benefícios para a criança, que vão desde seu desenvolvimento até a vida adulta. Com a globalização e o avanço da tecnologia, aprender uma segunda língua é cada vez mais importante. Por isso, os pais devem pensar seriamente sobre o bilinguismo infantil. Até mesmo pais não fluentes podem ajudar suas crianças nesse processo de aprendizagem.

Quer colocar isso em prática aí na sua casa? Clique aqui e confira alguns dos conteúdos bilíngues que criamos para o melhor desenvolvimento das crianças!


★ Youtube: https://www.youtube.com/asteriumland


★ Facebook: https://www.facebook.com/asteriumland​


★ Instagram: https://www.instagram.com/asteriumland​


★ Tiktok: https://www.tiktok.com/@asteriumland


★ AsteriumLand: https://www.asteriumland.com​

2 visualizações0 comentário