Entenda a importância dos livros infantis para crianças com TDAH

Se o TDAH for diagnosticado precocemente, a criança pode receber tratamento adequado e, assim, se desenvolver o quanto antes. Nesse sentido, os livros infantis podem ajudar. Saiba como ao ler o post!



Hoje, existem mais de 2 milhões de pessoas no Brasil com Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH), segundo uma matéria feita pelo Estadão. A prevalência desse problema de saúde é marcante em crianças de 3 a 17 anos. Contudo, o público adulto não está isento. Muitas pessoas são diagnosticadas com TDAH tardiamente, isto é, na fase adulta.

A boa notícia é que, se o TDAH for diagnosticado precocemente, ou seja, na fase infantil, a criança pode receber tratamento adequado, e assim se desenvolver. Nesse sentido, os livros infantis podem ajudar.


O que é TDAH?


De acordo com o Instituto NeuroSaber, podemos compreender o TDAH como um problema de saúde pública, que pode trazer transtornos graves para o desenvolvimento de uma pessoa. A Associação Brasileira do Déficit de Atenção (ABDA) conceitua TDAH como um “um transtorno neurobiológico, de causas genéticas, que aparece na infância e frequentemente acompanha o indivíduo por toda a sua vida”.

As principais características ou sintomas de uma pessoa com TDAH são: inquietação ou hiperatividade, impulsividade e desatenção em relação ao mundo/espaço em que se encontra. Por isso, o TDAH é também chamado de Distúrbio do Déficit de Atenção (DDA).



O que é alfabetização?


Para entender a relação entre a literatura infantil e TDAH é fundamental saber o que é alfabetização. Conforme um artigo feito pela pesquisadora Niege Dagraça, especialista em Psicopedagogia Institucional e Clínica, alfabetizar significa educar, ou seja, ensinar a ler e a escrever. É, portanto, uma instrução primária para que uma criança seja capaz de se integrar perfeitamente à sociedade em que vive.

É a partir da alfabetização que as crianças, tenham elas TDAH ou não, aprendem sobre o mundo em que vivem e, com base nisso, são capazes de desenvolver tarefas básicas em seu dia a dia, como conversar com colegas e entender situações.



Como os livros infantis podem ajudar as crianças com TDAH?


Afinal, como os livros infantis podem ajudar as crianças com TDAH? Muitos dos livros infantis trazem elementos que podem colaborar para o processo de formação educacional de crianças que apresentam dificuldades para ler, processar e interpretar textos. Imagens coloridas e personagens de história são alguns exemplos.

Além disso, os livros infantis apresentam diversos gêneros que podem ser trabalhados com crianças com TDAH, como poesia, contos e fábulas.

A literatura infantil pode ser explorada pelo docente a fim de despertar nas crianças com TDAH o interesse pela leitura, escrita e aprendizado. Assim, elas poderão se desenvolver e ser integradas à sociedade.

O professor de crianças especiais deve utilizar os instrumentos didáticos necessários para garantir que a criança com TDAH possa ter uma formação educacional similar àquelas crianças que não apresentam essa condição.

Viu só como os livros infantis são importantes para a formação educacional das crianças com TDAH? Mas agora que sabe disso, não deixe de implementá-los em seu processo educacional.

Fique por dentro de mais conteúdos como este ao acessar nossas redes sociais. Estamos presentes no Facebook, Instagram e TikTok. Aproveite!


★ Youtube: https://www.youtube.com/asteriumland


★ Facebook: https://www.facebook.com/asteriumland​


★ Instagram: https://www.instagram.com/asteriumland​


★ Tiktok: https://www.tiktok.com/@asteriumland


★ AsteriumLand: https://www.asteriumland.com​

3 visualizações0 comentário